Atendemos somente com horário marcado. Agende seu horário.

Blog

MR Cerimonial / Assessoria de Casamento  / Pets no casamento: saiba como lidar com esses convidados especiais
Pets no casamento: saiba como lidar com esses convidados especiais

Pets no casamento: saiba como lidar com esses convidados especiais

Dizem que o cachorro é o melhor amigo do homem, mas a verdade é que esse ditado é válido para todos os pets, e quem convive com outras espécies de animais em casa pode garantir. Gatos, passarinhos, chinchilas e tantos outros são companheiros fiéis, e na hora do casamento é praticamente impossível não incluí-los na cerimônia, mas há que se ter algumas precauções.

Animais de estimação são como crianças, carinhosos e um pouco imprevisíveis, então, quanto melhor se planejar a sua participação em um enlace, melhor. E tenha em mente que algumas igrejas não permitem a entrada de animais, então cheque com antecedência se essa é uma opção possível se esse for o seu local de celebração.

Convidados ou ajudantes

O primeiro passo a se pensar é qual será a função do seu bichinho no seu grande dia. Alguns casais querem, simplesmente, que os pets façam parte do ensaio fotográfico e que estejam presentes durante a cerimônia de casamento. Neste caso basta arrumá-los (um banho é indispensável), enfeitá-los com algum detalhe fofinho e pedir que alguém de confiança esteja de olho. Se você realmente quiser total tranquilidade, é possível contratar um cuidador especialmente para a ocasião.

Há também quem queira o seu bichinho participando ativamente do dia C, como pajem, e então é preciso ter mais cuidados. Se o seu cão ou gato já se mostra obediente e tranquilo, vocês podem ficar mais calmos quanto à entrada, e existem várias formas para que eles levem as alianças. Podem colocá-las presas à coleira ou em uma caixinha presa nas costas, e o bichinho também pode levar uma cestinha na boca.

Muitos deles são capazes de entrarem sozinhos com algum treinamento prévio, para que estejam familiarizados com o cenário, mas o melhor é que entrem acompanhados, já que se trata de uma situação especial e eles podem se assustar com a quantidade de pessoas. E sabendo que durante a festa você estarão ocupados com todos os convidados, registros fotográficos e tudo mais, enquanto o seu bicinho estiver ali, o melhor é que sua “babá” do dia continue ao lado.

Vestidos a caráter

Depois de pensar em todos os detalhes da organização da festa, é chegada a hora mais divertida: escolher o look! Um pet de roupinha pode ser bem fofo, mas o conforto do animal deve ser sempre a prioridade. Se ele não está acostumado a usar acessórios, pouco a pouco introduza algo para que ele sinta como é.  Alguns cachorros não se importam em usar peças de roupas, mas outros ficam extremamente irritados, então saiba identificar qual é o caso do seu, e respeite a sua vontade.

Os acessórios mais fáceis são os detalhes para o pescoço como lenços com temática de casamento, gravatas – de vários modelos – e, se for um animal com pelo maior, é possível arriscar lacinhos para as fêmeas.

Relaxados e felizes

Os pets normalmente são bastante sensíveis, e conseguem identificar perfeitamente o estado de ânimo de seus donos. No dia de seu casamento vocês estarão felizes e o bichinho de estimação com certeza sentirá isso. Ainda assim, toda a movimentação sai de sua rotina e, para eles, pode ser muito estressante.

Para que o dia siga sendo um sucesso, depois da cerimônia, das fotos e, claro, dos elogios dos convidados encantados com o seu “filho”, o melhor que ele volte para casa tranquilamente e vocês continuem a comemoração, inclusive para maior conforto dos convidados, já que alguns podem ter medo ou alergia, e não expor os bichinhos a um mar de comidas deliciosas que não podem comer. Com todos os cuidados, será um dia inesquecível para toda a família.

Não há comentários

Deixe seu comentário