Atendemos somente com horário marcado. Agende seu horário.

Blog

MR Cerimonial / Assessoria de Casamento  / Casando no interior: tudo que você precisa saber

Casando no interior: tudo que você precisa saber

Casar no interior é a primeira opção para noivos que querem fugir das longas listas de espera e dos altos valores cobrados em regiões mais evidentes ou em moda. Casar rodeado de muita natureza e com visuais incríveis é o que instiga cada vez mais os casais. A grande vantagem é que a lista de possibilidades é muito grande, uma vez que, encontrar uma cidadezinha pequena no interior é possível, em qualquer estado do Brasil. Com a enormidade do nosso país não é difícil achar opções adoráveis e muito charmosas.

Outro benefício é que a vantagem econômica pode ser muito grande, se souber fazer as escolhas de forma correta. Dá para agregar o que necessita com elementos mais simples, naturais e com um custo bem menor que em uma grande cidade. Em regiões muito desejadas, como uma cidade de praia, por exemplo, acarretam um custo maior pela alta demanda. O tempo de espera também pode gerar um desconforto. Se você ainda não tinha pensado nessa alternativa conheça essa nova tendência.

Organização

Se está pensando em uma cidade próxima, a organização será mais fácil, mas deve pensar no conforto dos convidados. Mesmo sendo perto, considere alugar um ônibus para não ter que fazer os convidados pegarem estrada. O valor que pode economizar em algumas cidades te permite investir no transporte ou pode combinar e pagar uma parte e os convidados outra. Os convites terão que ser entregues com pelo menos 3 meses de antecedência, já que o evento será afastado e, praticamente, ocorrerá por quase o dia todo. Pode incluir na arte do convite algum item característico do local  como uma flor, uma caverna ou algo que a cidade produza, por exemplo. Conseguir fornecedores locais será muito proveitoso.

Local

Achar o local ideal vai depender da distância que é viável, das aspirações e disponibilidade do casal. É possível encontrar cidades pequenas, no Interior, a poucos quilómetros das grandes cidades. Assim, o leque é grande, basta encontrar a que contenha tudo o que precisa. Se for realizar um casamento formal e para um grande número de convidados, a cidade deve ter uma igreja que comporte o número de convidados e um espaço adequado para a festa. Para um casamento intimista as alternativas aumentam, já que é possível achar uma capela pequena, que seja muito encantadora. Para a festa, procure restaurantes menores com a peculiaridade da comida local.

Decoração

Para uma decoração adequada pense em utilizar ao máximo elementos da região, você terá uma grande facilidade em diversidade e qualidade. Se a cidade domina a produção de um determinado produto como chapéu, sapatos ou uma determinada fruta, por exemplo, inclua elementos com aquele produto na decoração. Siga a tendência regional para escolher o estilo e os objetos que podem fazer parte da decoração. Peças características da região como cerâmicas ou ferro, ficarão especiais se bem utilizadas. Se preferir as flores nativas da região, o valor pode ser bem mais atrativo e a beleza das espécies que encontrará será muito especial. Adote as cores e tendências do local, seguindo a personalidade do casal claro, assim conseguirá transformar seu casamento num evento característico.

Alimentação

Interior é sinônimo de boa comida, assim se puder prefira um cardápio local, com alimentos próprios da cidade, será um diferencial apetitoso. Faça degustações em restaurantes e buffets do lugar e incorpore essa culinária ao seu menu. Pratos quentes e salgadinhos, que sejam comuns na culinária da cidade podem ser estilizados para o seu cardápio. Frutas e bebidas tradicionais da região também farão grande diferença, sucos, batidas ou um vinho que seja produzido na cidade ficarão autênticos para evidenciar ainda mais o estilo e se incorporar ao contexto.

Organizar um casamento no interior pode dar um pouquinho mais de trabalho, mas o êxito de organizar um evento romântico e muito autêntico estará garantido.

Não há comentários

Deixe seu comentário